CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

um beijinho!
pode esperar ou morrer.
e o que tinha para te dizer,
estão bem como estão
vi, resolvi que as coisas
teu dia. mas perante o que
desejei-te falar naquele
mesmo, mesmo feliz.
mesmo feliz, mesmo,
mas, vi-te, parecias
de precisar demais.
não precisava de mais apesar
não mais que dois minutos,
falar contigo
há três semanas ia
pode ser.
sempre e o saber que não
entre o egoísmo de te querer
não sentir pode ser qualquer coisa
que o estás.pois afinal esse
que estás bem, em vez de sentir
mas não ligo e prefiro saber
embora não o sinta,
sei que estás bem agora,
bocadinho.
não me arrependo nem um
trocados desde lá, dos quais
foram grandes momentos
sei o nome...além de mais prazer.
aflição, e outros que nem
admiração, mais prazer,
desde a surpresa, prazer,
com o lado do teu mesmo lado.
esquerdo do peito cruzando-se
que passaram pelo meu lado
o remoinho de sentimentos
mas sinto perfeitamente,
que passamos, juntos, dentro dela,
lembro-me dos poucos minutos
onde vives princesa.
conhecemos de imaginar.
vives numa casa, daquelas que só
sobre o que passava do lado de lá.
escrevi e imaginei
lembrando das coisas que
teu portão vou-me
cada vez que passo pelo

o que sim e o que não

6 !nv3rt3w:

Fada ha detto...

Sim... Há coisas que podem esperar ou morrer... E outras que devem ser mesmo ditas, para libertar.

Um Beijinho!
para ti também... :)

Sei Lá ha detto...

Tão triste e tão belo. Muito BOM...

Um beijinho também!

nOgS ha detto...

Isto sim, é uma grande declaração de carinho.

Que bonito texto, apesar de um pouco covarde, hihi!

Beijocas

Luna ha detto...

Rendida a este texto que transparece o amor sublime.

Belíssimo.
Bj

pensamentovadio ha detto...

tenho saudades de ler qualquer coisa nova por aqui! :)

marianinha ha detto...

Um dos poemas mais lindos que já li continua fizeste-me churar

beijinhos