CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

e tu o último a perceber!
é o primeiro a adormecer!

...é que o meu braço
não tardes,
como o mais delicado doce.
beijar-te e cuidar da tua língua
acompanhar-te o sorrir,
quero olhar-te nos olhos,
já não vem.
n
ão chegas nunca mais!

que aquece os lábios meus.
e me faz recordar a respiração tua,
é só uma brisa que passou na janela
e abro os olhos,
sinto um sopro ligeiro
não chegas nunca mais!
...ou para não sentires a falta?
é que te quero comigo!

mas para sentir calor
que me fazem calor.
os lençóis de frio
ainda tenho na minha cama
é por causa disso a dormência!
afectando a circulação do sangue.

repousando no meu braço,
apenas por ter o peso do teu corpo
na esperança que ele fique dormente,
deito-me, estendo o braço
ahahah
chega.abandono o vidro.
escondes-te.
e eu finto quem me pode fitar.
o vidro filtra quem me pode fitar
estrangeiros?
também outras pessoas.
mas no reflexo está portugal e
por trás deste vidro sou só eu
crescimentos ao contrário.
revê subidas, nem
aqui, onde nenhum banco
voltei aqui.

comentário realista
a uma declaração de amor

5 !nv3rt3w:

Salto-Alto ha detto...

Escreveste "comentário realista
a uma declaração de amor". Mas o correcto seria escrever "comentário realista E LINDO a uma declaração de amor"! :)

Adorei! Parabéns!

Beijocas

aNGie ha detto...

.. sempre o silencio como resposta..

Nogs ha detto...

Admiro-te por conseguires colocar por escrito, de uma forma tão bela, os teus sentimentos.

(Agora mexe lá o braço para ver se ele acorda:P).


Beijo

inV3RS0 ha detto...

Salto | Maybe maybe

angie| sabes bem que o silêncio também fala

nogs| ele mexe, e bem, não te preocupes...esse é o mal :P

Fada ha detto...

Ainda a "espera"...

Beijito